Aba

segunda-feira, 26 de março de 2018

DNA sofrendo mutação é capturado em vídeo




Por: Lucas Farinazzo Marques
kim_farinazzo@hotmail.com


Mutações no DNA podem causar um crescimento desenfreado de células e gerar um câncer, por exemplo. Por outro lado, elas podem gerar variações que permitem aos organismos se adaptarem ao ambiente e evoluírem.

Até então, cientistas só tinham métodos indiretos para analisarem as taxas médias e os efeitos das mutações. Porém, em um novo estudo feito por biofísicos conseguiu documentar mutações individuais ocorrendo em células bacterianas.

Esquema ilustrando uma mutação em apenas um nucleotídeo em uma cadeia de DNA

Essas mudanças ocorrem em uma taxa constante ao longo do tempo e cerca de 1% delas é mortal, de acordo com o que foi reportado no último dia 16 na revista Science.

Para ver as mutações acontecendo, a equipe montou 1000 canais microscópicos em um chip (parecido com um chip de computador) e colocou apenas uma célula bacteriana no final de cada canal, junto com nutrientes para a bactéria sobreviver. As bactérias utilizadas neste estudo carregam um tipo de DNA modificado que codifica uma proteína . Essa proteína, por sua vez, emite um brilho amarelado quando qualquer tipo de mutação ocorre na sequência de DNA que a originou. Então, por 8 horas em 3 dias, os pesquisadores tiraram várias fotos a cada minuto. Ao longo desse tempo,novas células bacterianas eram formadas, empurradas pelo canal e, então, retiradas por um fluído na outra ponta do canal.

Para entender melhor o vídeo acima, só ativar as legendas e depois clicar para traduzi-las para o português. O experimento descrito acima começa aos 43 segundos do vídeo. 

De acordo com os responsáveis pelo experimento, a técnica pode ser aplicada para entender as dinâmicas de mutações em outros tipos de células, inclusive células cancerígenas humanas. Eventualmente, eles esperam conseguir monitorar as taxas de mutação em tempo real em organismos como um todo, como no peixe-zebra (que é um animal usado como modelo em vários tipos de estudos). Uma análise assim serviria, por exemplo, para identificar se diferentes tecidos possuem diferentes taxas de mutação.

Sobre o autor: Biólogo pela Universidade Federal de Juiz de Fora, e atualmente trabalha com Bioinformática.

Quer saber mais?
Artigo original (em inglês): http://science.sciencemag.org/content/359/6381/1283
Artigo descritivo sobre mutações (em português): https://brasilescola.uol.com.br/biologia/mutacao.htm
Imagem: http://detectandoarealidade.blogspot.com.br/2011_04_19_archive.html

Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seja um colaborador!

Postagens populares

Total de visualizações

Seguidores

Tecnologia do Blogger.