Aba

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Anticoncepcionais hormonais e câncer de mama: qual a relação?


Por:
João Paulo Marcondes 
jpcastromarcondes@gmail.com
Segundo a Organização Mundial da Saúde, o câncer de mama representa 25% de todos os canceres diagnosticados na população feminina, sendo a principal causa de morte por câncer em mulheres.

É bem estabelecido que alterações nos níveis dos hormônios sexuais, como o estrógeno e progesterona, sejam um dos fatores de risco para o câncer de mama (Figura 1).
Figura 1: Esquema de um ducto mamário demonstrando que os hormônios estrógeno e progesterona estão envolvidos em todas as etapas do desenvolvimento do câncer de mama.

De um modo geral, a formação do complexo estrógeno-receptor de estrógeno altera a expressão ou o “nível de atividade” de diversos genes relacionados com a proliferação celular, que, posteriormente, poderá resultar na perda do controle sobre a proliferação das células, levando ao desenvolvimento e progressão (evolução para doença mais agressiva) do câncer de mama (Figura 2).
Figura 2: Formação do complexo estrógeno-receptor de estrógeno e ativação de genes que levam à proliferação celular.

Atualmente, em torno de 140 milhões de mulheres usam contraceptivos orais, o que corresponde a 13% da população mundial de mulheres entre 15 e 49 anos.

Embora tais medicamentos sejam eficazes no controle da natalidade, e, também, utilizados para o tratamento de mulheres com diagnóstico de ovário policístico, por exemplo, seu uso pode acarretar em alguns efeitos colaterais como a trombose e o acidente vascular cerebral , principalmente em fumantes. Além disso, embora diversos estudos tenham mostrado associação entre a utilização de anticoncepcionais e o risco aumentado para o câncer de mama (20% a 30% de aumento de risco), outros não evidenciaram aumento de risco. Adicionalmente, existem poucos dados sobre os efeitos das novas formulações de anticoncepcionais hormonais e as novas formas de utilização, como os dispositivos intrauterinos e implantes subcutâneos (Figura 3).

Figura 3: Formas de utilização dos contraceptivos hormonais. A) dispositivo intrauterino; B) anel vaginal; C) implante subcutâneo; D) adesivos cutâneos; E) pílulas de uso oral; D) injeções com ação de longa duração.
Entretanto, um estudo recente publicado na The New England of Medicine mostrou que mulheres que usam qualquer forma de contraceptivo hormonal apresentam, em média, risco 20% maior de desenvolver o câncer de mama em comparação com as mulheres que nunca utilizaram qualquer forma de contraceptivo hormonal. Em mulheres que usam o contraceptivo hormonal por mais de 10 anos, o risco para o desenvolvimento de câncer de mama chega a 38%, sendo que tal risco persiste por até cinco anos após a interrupção do uso. Neste estudo, os pesquisadores da Universidade de Copenhagen avaliaram 1,8 milhões de mulheres entre 15 e 49 anos, por um período de 10,9 anos.

Em o editorial que acompanha este artigo, o pesquisador David Hunter, da Universidade de Oxford, ressalta que o câncer de mama é relativamente raro em mulheres jovens e que os efeitos persistentes devem ser considerados como resultados preliminares. Além disso, o pesquisador lembra também que o uso de contraceptivos orais está relacionado a um menor risco para os cânceres de ovário, endométrio e intestino (coloretal).

Sobre o autor: Biólogo, pesquisador e apaixonado por animais abandonados.

Ficou interessado, acesse os links:

Português:

http://emais.estadao.com.br/noticias/bem-estar,mulheres-buscam-alternativas-a-pilula-como-metodo-contraceptivo-para-evitar-efeitos-colaterais,70001756607
http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/0102assistencia2.pdf

Inglês:
http://www.who.int/cancer/en
https://www.dovepress.com/the-crossroads-of-breast-cancer-progression-insights-into-the-modulati-peer-reviewed-article-OTT
http://www.nejm.org/doi/full/10.1056/NEJMoa1700732
http://edition.cnn.com/2017/12/07/health/hormonal-contraceptive-breast-cancer-intl/index.html
http://www.nejm.org/doi/pdf/10.1056/NEJMe1709636
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seja um colaborador!

Postagens populares

Total de visualizações

Seguidores

Tecnologia do Blogger.