Aba

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

A imagem do filho de Deus: quem realmente foi Jesus?


Por:
Talita Aleixo
talita.aleixo@ibb.unesp.br
 Ana Liz 
 lizuchida@gmail.com
O dia 25 de dezembro se aproxima e sem dúvida é uma data que, dificilmente, passa desapercebida por alguém independente de seu credo, religião ou filosofia. Isso porque esta data traz consigo uma série de ideias ligadas a bem feitorias, ideais de amor ao próximo e de renovação, sendo também quase impossível não ligar esta data a sua figura mais emblemática (e muitas vezes, misteriosa): Jesus Cristo.

Jesus Cristo (JC), aquele descrito na bíblia como salvador enviado por Deus, filho de Maria e José, traído por Judas, o que realizou a Santa Ceia, aquele que recebeu presentes dos três reis magos e que está sempre representado nos presépios e filmes que, de alguma maneira contam a sua trajetória são alguns fatos descritos sobre ele não necessariamente nesta ordem, é claro. Hoje, se perguntamos para qualquer pessoa “ já ouviu falar de Jesus?” Certamente ela responderá que sim. E se perguntarmos: Como era Jesus? Retirando algumas exceções, provavelmente a resposta seria: “ cabelos loiros, olhos claros e brancos. Mas, será que realmente foi assim? Quem realmente foi Jesus?

A figura de Jesus chamou a atenção de diversos pesquisadores e entenderam que é necessário compreender que existem duas figuras, conhecidas como: Cristo da Fé e o Jesus histórico. O primeiro seria o conteúdo da pregação dos discípulos que veem nele o Filho de Deus e o Salvador. Já o segundo, seria aquele que foi o pregador e profeta de Nazaré como realmente existiu sob César Augusto e Pôncio Pilatos.

A pesquisa sobre Jesus se debruça em fatos históricos registrados geralmente em manuscritos antigos que fazem referência à época em que ele viveu e também na comparação com as características físicas dos povos oriundos da mesma região que Jesus. Para desvendar a verdadeira aparência de JC, os pesquisadores utilizam as mesmas técnicas usadas para descobrir os rostos de criminosos. Crânios encontrados no local de origem de Jesus e datados da época em que viveu este homem são estudados através de radiografias e então programas de computador reproduzem a imagem real. Assim, este homem nasceu na Galileia, região ao norte de Israel e provavelmente, ele tinha características físicas como as da população local (cabelos cacheados e pele morena) bem diferentes do JC europeu representado nos filmes. Alguns manuscritos encontrados pela Universidade de Tel Aviv em Israel descrevem que Jesus tinha a pele “ mais escura” e que a criança era “ da cor da noite”.

As características físicas de JC é apenas um dos mistérios que envolvem a sua figura. Embora, atualmente, saiba – se cada vez mais sobre este homem, ainda restam muitos detalhes para explicar exatamente como foi sua trajetória. O que se sabe é que sua mensagem de humanidade e fé foi muito bem registrada pela bíblia e movimenta bilhões de seguidores.


Referências: 
http://segredosdomundo.r7.com/como-era-o-verdadeiro-rosto-de-jesus-cristo/
http://www.diariodocentrodomundo.com.br/jesus-nao-era-branco-a-jornalista-americana-que-ressuscitou-o-debate-sobre-a-cor-da-pele-de-jc/
https://sol.sapo.pt/artigo/490695/medico-diz-que-esta-era-a-verdadeira-cara-de-jesus-cristo
https://leonardoboff.wordpress.com/2013/10/13/a-tradicao-de-jesus-versus-a-religiao-crista/

Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seja um colaborador!

Postagens populares

Total de visualizações

Seguidores

Tecnologia do Blogger.