Aba

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Desvendando a produção do mel

Por:
Juliana Costa
juh_agro87@yahoo.com.br
Samir Kadri 
samirkbr@yahoo.com.br
O mel é um produto natural e a cada dia vem atraindo mais consumidores. Já sabemos que ele é produzido por abelhas a partir do néctar das flores, mas que tal descobrirmos como é este processo desde o campo até sua mesa?

As abelhas da espécie Apis mellifera são as maiores produtoras de mel, elas são insetos sociais que vivem em colmeias e possuem alta organização dentro do enxame. A realização das diversas atividades dentro da colmeia é feita por abelhas chamadas de operárias, as funções específicas realizadas por cada abelha operária dependem da idade destas. Conforme elas envelhecem, ficam mais experientes e adquirem tarefas mais complexas dentro da colmeia.


O mel é produzido exclusivamente a partir do néctar, uma espécie de líquido produzido pelas flores que tem a função de atrair insetos polinizadores, e processado por diferentes tipos de abelhas operárias.



As abelhas campeiras coletarem o néctar de centenas de flores e o armazenam em um compartimento especial dentro de seu abdômen chamado de vesícula nectarífera, onde o mel começa a ser processado, as enzimas contidas em tais vescículas processam os açúcares do néctar em açúcares mais simples, principalmente, frutose e glicose. Já na colmeia, a abelha campeira passa todo o conteúdo de néctar coletado para outras três abelhas, chamadas de abelhas laboratoristas.

A abelha laboratorista, assistida por outras abelhas operárias, processa o néctar para reduzir seu teor de água de 55% para 17%, o que também concentra os açúcares presentes no néctar. Todo este processo de produção de mel ocorre à temperatura de 30 °C e leva de um a cinco dias. O mel processado é estocado nos favos.



Após as abelhas produzirem o mel, entram em cena os apicultores, produtores rurais que criam abelhas. Devidos às nossas amigas possuírem ferrões e serem altamente defensivas, os apicultores vestem equipamentos de proteção, como luvas, botas e macacões, para fazerem a colheita do mel nas colmeias. A colheita do mel é feita através da retirada dos favos repletos de mel da colmeia, que depois, em uma “Casa do mel”, é centrifugado para a retirada do mel dos favos. Uma vez retirado o mel dos favos, pode-se armazená-lo por 2 anos em potes devidamente higienizados.

Para a produção de 1 kg de mel são necessárias em média 30 000 viagens de abelhas coletando néctar em campo. Lembre-se disso quando for consumir o mel de nossas amigas.



Sobre os autores: Juliana: Eng. agrônoma, nutróloga genômica, ama peixes e abelhas!! Samir: Zootecnista, melhorista de abelhas Apis melliferas e geneticista, louco por abelhas.

Imagens originais Retiradas de:
http://guiadoscuriosos.uol.com.br/categorias/1982/1/abelha.html
http://keepingbee.org/royal-jelly-and-health/
Arquivo pessoal dos autores
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seja um colaborador!

Postagens populares

Total de visualizações

Seguidores

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.