Aba

segunda-feira, 26 de junho de 2017

A verdade está lá fora... NASA afirma que lua de Saturno pode abrigar vida

 



Por: Érica Ramos 
erica.ramos00@gmail.com


Lembra da série Arquivo X e das tantas outras que investigam a existência de vida extraterrestre (ET)?
Pois é, fora da ficção científica, o cientistas estão próximos de saber se há vida além da existente na Terra. Em 13 de abril de 2017, a Agência Espacial Americana (NASA) divulgou a possibilidade de Enceladus, uma das 62 luas de Saturno, abrigar vida. Segundo estudos da NASA e da Agência Espacial Européia, a missão Cassini utilizou sondas espaciais para coletar gases emitidos por geisers na superfície de Enceladus (Figura 1). E sim! Eles encontraram evidências da existência de gás hidrogênio em seus oceanos (spoiler: não se empolguem tanto, ainda não encontraram os ETs propriamente ditos). 
Como em diversos outros satélites naturais e planetas, Enceladus possui, em sua supefície mais externa, uma camada de gelo que recobre um oceano de água salgada (veja os diversos oceanos do Universo) com até 65 km de extensão (Figura 1).

Figura 1: Ilustração das camadas que formam a lua Enceladus. 

Mas e daí? O que isso tem a ver com a vida extraterrestre?

Esses oceanos se assemelham muito aos antigos oceanos da Terra, nos quais a vida surgiu. No caso da Terra, microorganismos unicelulares se desenvolveram e, para sobreviver e se reproduzir, precisavam de energia. Mas como produzir essa energia? Os organismos utilizavam moléculas químicas, tais como o hidrogênio (o mesmo que foi encontrado em Enceladus), como combustível para geração da energia necessária. Esse processo energético é chamado metanogênese, pois, como o próprio nome diz, resulta na produção de metano. O próximo passo, segundo os pesquisadores da NASA, é buscar a existência de metano nos oceanos de Enceladus, o que comprovaria a real ocorrência da metanogênese lá. Além disso, os cientistas estão desenvolvendo um novo equipamento que seja capaz de mensurar outros compostos químicos e uma nova missão da NASA será lançada em 2022 para estudar este e outros satélites naturais.
A partir das recentes descobertas, Enceladus alcança o primeiro lugar na lista de satélites que possuem o mínimo de condições para abrigar seres vivos, e já convida muita gente a pensar sobre a vida fora da Terra…

Sobre a autora: Bióloga e Mestre em Ciências Biológicas (Genética) pela UNESP, apaixonada pelo tema Educação e, também, editora desta página de Divulgação Científica. No momento atua como aluna de doutorado na UNESP, na área de Genética.

Quer saber mais? Veja os links abaixo:
-Em português
-Em inglês

Compartilhar:
←  Anterior Inicio

2 comentários:

  1. Muito interessante! Vocês conseguem incluir aquele botão p compartilhar os artigos que postam aqui?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marco, muito obrigado pelo comentário! No final da matéria (depois dos links) tem a opção de copartilhar em diferentes redes sociais. só fazer click aí para compartilhar a matéria.

      Excluir

Seja um colaborador!

Postagens populares

Total de visualizações

Seguidores

Tecnologia do Blogger.